terça-feira, 9 de setembro de 2014

Personagem: Light Yagami

E aí, gente!
Como vão vocês? Eu estou uma pilha nos últimos dias: trabalho a fazer, trabalho que está por vir, contas a pagar, fanfic pra terminar + bloqueio FAIL... enfim, muita coisa junta - e semana que vem ainda viajo a trabalho. <o>

Hoje decidi falar de um personagem que me deita extremamente irritada, mas faz parte de um dos meus animes favoritos (a disputa com Naruto é duríssima) : é o Light/Raito Yagami, do mangá/anime Death Note.



Inteligentíssimo, com um brilhante poder dedutivo e filho do chefe de polícia Soichiro Yagami, Light é considerado o melhor estudante do Japão. Em um certo dia, durante uma aula, ele pensava no quanto estava entediado e no quanto o mundo estava apodrecido pela violência e pela corrupção... Mesmo dia em que, coincidentemente, o shinigami Ryuuk deixou seu "Caderno da Morte" cair na Terra. Quando Light encontra o caderninho e, após uma risada descrente, decide levá-lo para casa e confirma sua autenticidade (a cara de susto que ele faz quando um homem morre segundos depois de ter o nome escrito no caderno é impagável), uma verdadeira guerra começa: de um lado, a Lei e a Justiça dos homens ; do outro, a poderosa arma de alguém que ninguém sabe quem é, mas decide exterminar tudo de ruim que há no Mundo e se tornar O Novo Deus.

Light começa um extermínio usando nomes de presos noticiados na televisão e nos jornais, e quando as várias mortes iguais começam a chamar a atenção da polícia (imaginem milhares de bandidos morrendo por ataque cardíaco, e reflita se isso parece normal), as investigações começam, muitos policiais desistem por medo, e apenas um pequeno grupo liderado pelo chefe Soichiro permanece no trabalho, aliado ao detetive L (pausa para os gritinhos <3). L de cara desconfia de Light, e Soichiro aceita que câmeras sejam instaladas em sua casa, a fim de investigar o rapaz. Com a ajuda de Ryuuk (que por ser o dono original do caderno, deve seguir o dono atual por todos os lados), Light descobre as câmeras e consegue "dar a volta" nos investigadores - menos em L, é claro. Fascinado, curioso e disposto a provar que o filho do chefe é sim o responsável pelas mortes (que recebeu a alcunha de "Kira"), L o convida a participar das investigações. E enquanto isso, Light tenta descobrir o nome verdadeiro de L, a fim de se livrar dele. A melhor batalha de inteligência da história dos animes é aqui. =D




Light é tipo de personagem que os fãs do anime amam odiar. Tanto dentro da história quanto entre seus telespectadores, há quem concorde que o extermínio dos caras maus é a única maneira de tornar esse um mundo melhor, e portanto assina embaixo das atitudes do Light e vibra a cada vitória dele. E também há quem seja a favor dos direitos humanos em qualquer situação, e abomine a covarde carnificina realizada pelo Kira (confesso que pendo mais pra esse lado). Mas no centro de toda essa discussão moral, há os dois personagens, que acabam conseguindo seguidores para seu lado devido ao próprio carisma: Light/Kira e L. Light, extremamente frio, cruel, fiel aos próprios ideais e disposto a passar por cima de quem quer que seja para chegar onde deseja, mas irremediavelmente bonito, persuasivo e sedutor, com uma lábia que convence a mais esperta das criaturas ; L, excêntrico, com um visual desleixado, viciado em doces, cheio de manias estranhas, divertidíssimo quando deixa a máscara indiferente cair e se revela humano - mas, acima de tudo, genial, insuperável, do tipo que se adoraria ter um amigo igual. É justamente a simpatia maior por algum desses personagens, que faz com que muitos fãs do anime acabem escolhendo seu lado na disputa.



Eu me apaixonei pelo L já na primeira aparição dele na história, mas confesso que também gostei do Light - não tanto pelas atitudes, mas pela inteligência e habilidade em disfarçar suas verdadeiras intenções. No entanto, ele é ambíguo e se trai. Quando chega ao ponto de matar pessoas inocentes para não ser descoberto, percebe-se que toda a pataquada que ele faz com o caderno e com os investigadores tem a mais a ver com sua própria vaidade e vontade de ser Deus, do que com fazer justiça. A relação dele com a esposa, Misa, é mais uma prova de sua falha de caráter. Light não sente nem sombra de amor pela Misa, mas não hesita em usá-la em seus planos, arriscar a vida dela e mentir descaradamente, para convencê-la de que a ama e usar seus olhos de shinigami (Misa também tem um caderno, e é portadora dos olhos que permitem ver o nome completo e a a expectativa de vida das pessoas acima de suas cabeças).


Mas, apesar de ser um protagonista meio da pá virada (não o considero um anti-herói, acho que esse termo se encaixa mais no Mello), é impossível ficar indiferente ao Light. As cenas e expressões dele são deliciosas de assistir, e a química dele com o Ryuuk é notável (mais do que com a Misa, hehehe). As estratégias dele para não ser pego são geniais, porém verossímeis, e o comportamento bipolar dele é uma atração a parte. Apesar de elegância e da frieza, ele chega a perder a calma e quase explodir de raiva em alguns momentos - sempre quando está sozinho, lógico -, e, quando seu ego sobe até o teto, dá umas gargalhadas de maluco, que acabam arrancando risadas também de quem assiste xD. Ou seja, ele tem isso em comum com a Misa: às vezes você o adora, às vezes quer enforcá-lo com o fio do mouse. Ainda assim, Death Note não seria tão brilhante, sem esse protagonista tão cheio de nuances. Light/Kira é um prato cheio até para quem o detesta.



E vocês, já assistiram Death Note? Curtem esse personagem? Me contem. :)

4 comentários:

  1. Oi Léty! Eu gosto muito desse personagem, adoro esses desenhos.

    Ah, tem um concurso cultural lá no blog, se você puder participar vou ficar muito feliz, o premio e um vestido da oasap ♥♥♥
    http://www.garotadeestilo.tk/2014/09/ganhe-um-vestido.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Fernanda. :)
      Claro, vou participar sim.^.^ Beijinhos.

      Excluir
  2. Eu AMAVA ver Death Note, mas nunca terminei acredita? seu post me deu vontade de voltar a assistir, bjs http://atravesdosespelhos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já assisti três vezes! *.* Assista até o final assim que você puder, porque é muuuuito emocionante.

      PS: Sou tão #ALoka Death Note, que vivo com vontade de assistir de novo. Aaheaheuahuea.

      Beijinhos. :*

      Excluir