terça-feira, 18 de setembro de 2012

*Série: Mission Hill*

Boa tarde, amores!
A pessoa que vos escreve tem duas coisas a dizer: A primeira é que estou quase me afogando nas chuvas aqui do Sul (Sushauhsuua, mas tudo bem, eu gosto de frio e chuva. ~le estranha~). A segunda é que estou muito, mas muito P* da vida, porque dia 4 de Outubro tem show de ninguém menos que o Evanescence em Porto Alegre - tipo, do lado da minha cidade - e não poderei ir, simplesmente porquê tô ruim de dinheiro. E ainda dizem que a minha vida é fácil, tsc. Ahém.

Bom, vamos ao que interessa e o resto não tem pressa. Eu ia escrever sobre outra coisa, mas hoje, sei lá porque diabos, acordei pensando na série animada Mission Hill. Pra quem não conhece, ela é estadunidense, foi ao ar pela The WB Television Network em 1999, e teve apenas 13 episódios. Eu assisti essa série no SBT de madrugada, há uns 3 ou 4 anos atrás, e adorei.





É um desenho animado indie sobre os irmãos French. O mais velho, Andy, um jovem cartunista que trabalha numa loja de camas d'água, mas procura ganhar a vida com seus desenhos. Seu irmão mais novo é Kevin, estudante dedicado que sonha em entrar na famosa universidade Yale. Eles e mais dois amigos de Andy, Jim Kuback e a macrobióta Posey Tyler, vivem em um apartamento. Kevin paga a escola com o dinheiro dos pais que moram em outra cidade. Junto com eles vive ainda o cão de Andy, Sapatão (isso mesmo), que, entre outras coisas, come o sofá em um episódio, e vive babando, em todos (mas até que ele é fofo xD).


A história se passa na cidade fictícia de Cosmópolis, mais precisamente no bairro Mission Hill, que dá nome à série. O que mais me chama atenção nesse desenho, e o que torna ele mais legal, na minha opinião, é que aborda várias "tribos" diferentes. Tem góticos, hippies, indies... além dos tipos socias "modernos" para a época em que foi produzido, como gays, viciados, macrobióticos... lembrem-se: 1999 não era lá tão liberal na programação juvenil. E nesse série também se encontram referências ao mundo pop alternativo - musical e cultural - da geração MTV. Utilizando grandes doses de humor negro, a história mostra como é duro o caminho até a vida adulta, o que faz com que seja facilmente enquadrado na vida de muitos jovens de qualquer nação globalizada.


Criada por Bill Oakley e Josh Weinstein - ex-produtores de Os Simpsons - e pela designer artística Lauren MacMullan, Mission Hill é reconhecido estilisticamente pela paleta de cores claras e tons em neon, criando uma combinação de animação moderna com desenhos cartoon. A série tem sido popular também no Canadá, na Austrália, no Leste Europeu, na América Latina, na Espanha e na Nova Zelândia. Recebeu status cult, e em 2005 foi toda lançada em DVD pela Warner Home Vídeo.

É isso, gente. Já faz muito tempo que eu assisti, mas nunca esqueci, e a lembrança que me surgiu hoje me deu até vontade de catar os episódios na net, pra assistir de novo xD. Vou deixar o link aqui, pra quem quiser conhecer. :)

(Fonte de pesquisa: Wikipédia). Beijinhos. :*

4 comentários:

  1. Léty,

    Os macrobióticos também andaram na moda nos anos 70.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E continuam, né? :D
      Isso que eu gosto em Mission Hill. É atemporal. :)

      Excluir
  2. Nossa tem muito, mas muito tempo que eu tentava lembrar o nome dessa série, eu tinha uns 10 anos quando eu via ela, vlws ai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, que bom que te ajudei. xD
      Adoro essa série. ^.^

      Excluir